Sanguino , o super clone do Arduino

sanguino2.jpg

O Sanguino é mais um clone de Arduino , um clone não é bem a palavra mais exata  , é um super-clone . Ele é um subprojeto do RepRap , que é uma impressora 3D que pode se auto-replicar . Para controlar esta máquina os responsáveis pelo projeto adaptaram o software do Arduino para gerar codigo para o ATMEGA644P. Este microcontrolador é um super AVR , um dos mais poderosos que se pode obter em encapsulamento DIP de 40 pinos .

As especificações técnicas para este clone são :

  • Microcontrolador ATMEGA644P
  • 32 pinos de I/O para uso geral
  • 8 pinos para uso  analógico
  • 6 pinos para PWM
  • 64K flash memory
  • 4K RAM
  • 2K EEPROM
  • Pinagem do kit compatível com o espaçamento de protoboards
  • 100% open source
  • Compatível com a futura versão  do Arduino 0012 com um mínimo de modificações

O site do Sanguino disponibiliza todos os detalhes para construção e também vende o kit .
Links:
Site do Sanguino

Site Impressora 3d RepRap

Site do ATMEGA644P na Atmel

6 thoughts on “Sanguino , o super clone do Arduino”

  1. Mto legal o Sanguino, conheci através do seu site. Acho que agora que meu projeto passar de RS-485 p/ Ethernet, com certeza terá q ser no mínimo um ATMEGA644, e nada melhor q o Sanguino p/ testes. Sabe onde encontro esse carinha no BR?

  2. Rafael , esse chip é bem recente mas vale a pena consultar os distribuidores da Atmel no Brasil para ver se já estão vendendo , de uma olhada no post http://blogdoje.com.br/2008/01/04/representantes-atmel-no-brasil/ . Na digikey esta custando US$ 7.87 a unidade do 40 pinos DIP , mas só tem em estoque os de 10 MHz – http://search.digikey.com/scripts/DkSearch/dksus.dll?Cat=2556109;keywords=atmega644 . Não esqueça que tem frete e imposto , com o dolar a dois reais de novo é só multiplicar por 6 para saber uma estimativa do preço em reais.

  3. uso o atmega1284p no proteus com visual studio fazendo projetos arduino versao sanguino atmega1284p 16MHz; achei as configurações das boards e catapimba! existem versoes de 8 e 16MHz todas compativeis com arduino; as bibliotecas sao compativeis, assim como SPI, faço acesso a EEPROM externa usando I2C; tdo que faço no uno faço no sanguino com a vantagem de muitas saidas. o site sanguino.cc nao existe mais como sendo do sanguino.

    1. Tudo evoluiu Tiago, graças a Deus e aos hackers e makers. Este post é de 2008 , onde o Arduino estava começando a virar mainstream e gerar projetos derivados. Parabéns e continue se divertindo com os seus projetos !

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *