Rua República do Libano – Rio de Janeiro

Mês passado estive no Rio de Janeiro e aproveitei para visitar a familia e assistir junto com o meu filho , ao Mengão, ao vivo e a cores no Maracanã, ganhar do Figueirense de 5 x 0 ( emocionante!!!) .

No sábado de manhâ aproveitei para ir a Rua Republica do Libano, no centro da cidade . Esta rua, na minha época de curso técnico de eletronica na ETFCSF -Escola Tecnica Federal Celso Suckow da Fonseca (atual CEFET-RJ) , tinha as melhores lojas de componentes e acessórios para técnicos e hobbystas. Hoje em dia está meio caída , cheia de lojas de “som para carro” julico’s sound da vida e quinquilharias chinesas.Mesmo assim alguma coisa ainda se salva. A loja Rei da Válvulas ainda sobrevive com dignidade e modernidade, com diversos kits de introdução aos microcontroladores avrs e pics em suas vitrines.

rei4.jpg

Outra loja que vale a pena visitar é a loja Triduar , bem no inicio da Republica do Libano, que vende ferramentas de qualidade e aparelhos de medição como multimetros e osciloscópios de diversas marcas. Quando estava quase indo embora, vi displays de matriz de led’s de 5×7 por R$ 15,00 , na vitrine da Eletrônica Henrique e acabei comprando duas unidades e mais uns conectores USB para circuito impresso.

Meu amigo Carlos , especializado em reformar equipamentos antigos da Marantz e Pioneer , já havia comentado que as boas lojas de componentes eletrônicos no Rio, resistem nos bairros do Méier e Cascadura , principalmente no ultimo. Infelizmente esta verificação vai ficar para uma visita mais longa.

Após o almoção de domingo na casa da mamãe, despedida geral da familia e retornei ao cerrado com muita saudade.

2 thoughts on “Rua República do Libano – Rio de Janeiro”

  1. Seguindo a linha do amigo anterior. A Repúblicaa do Líbano realmente caiu em se falando em lojas de componentes e isso se deve também a globalização , onde quase nada se conserta, mas se trocam placas inteiras dos equipamentos de áudio etc. Vale lembrar que a rua ganhou uma nova oficina de consetos de falantes no n. 36 loja A e outra no mesmo número porém no sobrado, a rua conta ainda nos últimos dois anos com a abertura de três lojas de usados, sendo a primeira no n. 36 loja C , outra no 37 e 49 respectivamente. Estas são de donos diferentes concorrendo entre sí. ganha o cliente de usados de um modo geral tanto em variedade como em preços. Há uma loja em plena reforma na rua , no n. 47 que vai vender caixas acústicas e equipamentos de áudio. Espero que a crrise não interfira nas já existentes e que a economia permita a abertura de novas lojas naquelaa região. Abraços a todos e prá quem quiser responde direto pode :

    fhil.msn@hotmail.com

  2. realmente o que os amigos comentaram em relação a republica do libano e verdade mas algumas lojas tradicionais como Rei da valvulas, eletronica Simão,eletonica Benos Aires e a citada eletronica Henrique ainda resistem , e de suma importancia que existam essas lojas ainda mais para pessoas igual a mim que ainda gosta de arregaçar as mangas e pegar no ferro de solda e montar circuitos eletronicos de audio,etc,etc e etc. Um abraços para todos do blog

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *