Montando o Arduino em Circuito Impresso

bsb20333.jpg

Após testar o Arduino no stk-500 e em um breadboard , resolvi monta-lo em uma placa de circuito impresso. “É facil e rápido , tenho tudo que preciso em casa” pensei na minha ignorância. Optei pelo processo transfer com laser que consiste em imprimir o layout do circuito impresso em papel transfer em uma impressora laser e depois “passá-lo” a ferro para a placa de circuito impresso. A outra opção caseira seria fazer com emulsão fotográfica para silk-screen , mas foi afastada devido a possíveis questionamentos da “dileta esposa” e o risco de fazer uma grande melecada com este processo.

Imprimir foi tranquilo : a partir do arquivo single-sided serial do arduino , aberto no Eagle, usei o CAM-Processor para gerar o arquivo post-script e o programa ghostwriter para visualizar e imprimir na laser. Passei um dia inteiro para chegar a uma transferência satisfatória para a placa de impresso.

Fiquei brigando com a temperatura do ferro de passar roupa , testando quanto tempo deveria ficar passando o ferro na placa ,se ficava com o ferro parado , se movimentava o ferro , com força , sem força , haja papel para jogar fora e energia elétrica para gastar. Obviamente tudo isso, usando um ferro de passar roupa encostado , já que usar o “oficial”, seria arrumar briga na certa com a “dileta esposa”. Após diversos testes a melhor combinação foi : ferro de passar roupa na posição 5 e 10 minutos passando o ferro na placa em todos os sentidos possíveis principalmente nas bordas. Ficou quase perfeito e precisei retocar só duas trilhas usando uma caneta fina para retroprojetor. Esperei esfriar , joguei em um balde com agua para o papel amolecer e poder retira-lo sem esforço da placa.

Depois dessa fase foi só colocar a placa no ácido , esperar 15 minutos, lavar , limpar e começar a montar.

Arduino no Acido

Depois de montado , verifiquei as ligações com um multí­metro e descobri um monte de curtos na placa , causados pelas trilhas muito finas e a ponta do ferro de soldar muito grossa.

bsb20328.jpg

Em um ponto da placa embaixo do conector para o programador externo o circuito impresso ficou com curto após a soldagem e não consegui consertar com ferro , tive que cortar a trilha e fazer um jumper para a trilha correta.

Mais de 2 horas de depuração e finalmente funcionou. Foi emocionante ve-lo piscando o led em um “Hello World” eletrônico.

Links :

Pagina sobre a versão serial em placa de impresso face simples:

http://www.arduino.cc/en/Main/ArduinoBoardSerialSingleSided

Arquivos cad da placa serial do Arduino gerados no Eagle :

http://webzone.k3.mah.se/k3dacu/arduino/releases/release_arduino_rs232s_v1_singlesided.zip

Site do Eagle , software de CAD para construcao de esquemas e placas de impresso:

http://www.cadsoftusa.com/

Post relacionados:
Atualmente uso uma plastificadora Menno, modificada para “imprimir” o circuito impresso. Leia em
Modificando uma plastificadora Menno PLM-11 para “imprimir” circuito impresso

One thought on “Montando o Arduino em Circuito Impresso”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *