C.H.I.P. – Micro CPU Debian para o mundo IoT

 

IMG_20160701_131250

Chegaram os módulos C.H.I.P. que comprei na campanha do Kickstater no ano passado. A promessa do computador de US$ 9,00 não se cumpre totalmente devido ao frete de US$ 20,00 e principalmente ao imposto de 60% sobre o valor + frete na hora que chega ao Brasil mas mesmo assim é um marco na diminuição dos preços para os tiny computers. O C.H.I.P é muito interessante pelo tamanho, configuração  e possibilidades de utilização , já que já possui WiFi e Bluetooth 4.0 no seu hardware básico.

 

IMG_20160702_062359210

 

A impressão inicial é de uma construção muito bem cuidada com detalhes como a capa de plástico para a parte da solda da plaquinha:

 

IMG_20160702_062410700

 

 

Outro detalhe que demonstra a atenção com os makers e hackers é a colocação da descrição das funções dos pinos de I/O nos conectores do C.H.I.P:

 

IMG_20160702_062447816

 

O C.H.I.P. vem com um cabo com saidas para o audio e video composto para monitores analógicos:

 

IMG_20160702_062321352

 

Adicionei ao meu pedido uma placa de interface ( DIP ) para conexão a um monitor HDMI:

 

IMG_20160702_062802299

 

Agora é atualizar o sistema operacional com a versão mais atualizada, começar a experimentar o funcionamento do C.H.I.P. e postar por aqui algumas das experiências.

Referências:

Site do fabricante e loja : https://getchip.com/

Documentação para os iniciantes: http://docs.getchip.com/chip.html

 

Instalando Oracle Java 8 na Beaglebone Black – IoT Episódio 1

Java é uma unanimidade. Ponto.  Então é necessário conhecer e instalar o Java JDK para poder utilizar alguns softwares interessantes na expedição pela Internet da Coisas. Neste post iremos instalar o Java Development Kit na Beaglebone Black.  A Beaglebone Black, vulgo BBB , é um computador ARM de baixo custo , totalmente open-source no hardware e no software que tem uma performance bastante interessante para o seu tamanho e faixa de preço no exterior.

Para começar vamos  na página da oracle  em http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/downloads/index.html e clique no botão “JDK DOWNLOAD”

botaoJdk

Na próxima página que se abre , marque a opção “Accept License Agreement”  e clique no nome do arquivo para iniciar o download da versão do Java para ARM “Linux ARM 32 Hard Float ABI” . Em junho de 2016, o arquivo disponível é o jdk-8u91-linux-arm32-vfp-hflt.tar.gz.

telaDownloadOracle

Se tiver feito o download em outro computador , faça a transferencia para a BBB por rsync , ftp ou rcp.

Após a transferencia para a BBB , vá para o diretório para onde o arquivo foi transferido e execute os seguintes comandos :

$ sudo mkdir /opt/jdk
$ sudo tar -zxf jdk-8u91-linux-arm-vfp-hflt.tar.gz -C /opt/jdk
$ sudo update-alternatives --install /usr/bin/java java  /opt/jdk/jdk1.8.0_91/bin/java 100
$ sudo update-alternatives --install /usr/bin/javac javac /opt/jdk/jdk1.8.0_91/bin/javac 100

Ao final da execução dos comandos , verifique se está ok :

$ java -version
java version "1.8.0_91"
Java(TM) SE Runtime Environment (build 1.8.0_91-b14)
Java HotSpot(TM) Client VM (build 25.91-b14, mixed mode)

Pronto , sua BBB está pronta para compilar e executar programas em Java.

Divirta-se !

Referencias:

Download Oracle Java para Arm:
http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/downloads/jdk8-downloads-2133151.html

Beaglebone Black: https://beagleboard.org/black

IoT - Internet of Things , Internet das Coisas:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Internet_das_Coisas

Calango Hacker Space de Brasilia

calango_felipe_brito
O Calango Hacker Clube , o primeiro hackerspace de Brasilia está com uma campanha para a viabilização do seu espaço fisico fixo. A grana arrecadada será destinada ao pagamento do aluguel do espaço , condominio , internet , agua e luz. Neste espaço serão realizadas as nossa atividades tais como aulas de Arduino para iniciantes , Music Hacking com ferramentas livres , aulas de montagem e pilotagem de Drones , area para trabalho em projetos com ferramentas barulhentas e tudo isso aberto a comunidade de Brasilia. O apoio pode ser dado com contribuições mensais a partir de 10 reais . Conto com o seu apoio !

Entre na pagina  https://unlock.fund/pt-BR/calangohc e ajude o Calango a ter a sua sede própria.

Entre na página do Calango em http://www.calango.club/  e veja as  nossas realizações.

eLua : Lua for a embedded world

Overview

eLua é a versão da linguagem Lua desenvolvida para ser utilizada embarcada em microcontroladores de 32 bits. A linguagem Lua foi desenvolvida pela PUC/RJ com o objetivo de ser uma linguagem de simples utilização, fracamente tipada e ser de fácil aprendizado. Desde o inicio foi projetada com o objetivo de ser utilizada em ambientes sujeitos a mudanças constantes , na linha trocar turbinas em pleno voo. A linguagem pode ser utilizada embarcada em uma outra linguagem , mais comumente C , onde todas as partes principais são escritas em C e o que muda com frequência é  escrito em Lua , podendo ser carregado em tempo de execução. Muitos projetos e aplicações fizeram uso destas facilidades proporcionadas pela linguagem mas foi no mundo dos games que ela tornou-se mais visível e conhecida. Este sucesso deveu-se a muitos jogos terem incluído Lua como a linguagem para a escrita das fases , permitindo a partir de um mesmo engine de games , adicionar novos ambientes e dificuldades a medida que as novas fases fossem atingidas. Lua é utilizada em muitos contextos tais como servidores web, tratamento de imagens , automação de atividades , jogos para celulares , etc etc.

Origem

A Linguagem Lua foi desenvolvida por uma equipe da PUC/TECGraf com o objetivo inicial de ser usada em projetos da Petrobras . Desta equipe faziam parte Roberto Ierusalimschy ,Luiz Henrique de Figueiredo e Waldemar Celes. A linguagem rapidamente passou a contar com uma serie de melhoramentos e ampliações que a tornaram um linguagem de uso geral e fazendo inclusive da infraestrutura do projeto da TV Digital Brasileira.

eLua

A linguagem eLua é uma convergência de dois projetos assemelhados que visavam trazer a linguagem lua para o ambiente dos microcontroladores. Os projetos de Bogdan Marinescu e Dado Sutter ( OHMS , PUC/RJ )  , para portar a linguagem Lua para microcontroladores , existiam independemente e resolveram integrar os esforços, fontes e experiência acumulada para criar um ambiente unico de desenvolvimento. Após esta integração foram iniciados os esforços para portar a linguagem para outros microcontroladores e outras arquiteturas. Atualmente (2015) é possivel executar  eLua em diversos microcontroladores com diferentes graus de acesso aos periféricos internos

Hoje, a principal referencia sobre eLua é a pagina do projeto em http://wiki.eluaproject.net/  . Existe tambem o site eLua builder ,http://builder.eluaproject.net/  , onde está disponível uma plataforma online para a gerar o binário para diversos microcontroladores e kits de desenvolvimento.

Porque falar disso ? Lua está sendo usada para criar mini-aplicações nos módulos Wi-Fi de baixo custo , baseados nos SoCs esp8266 da Expressif  , mas isso é conversa para o próximo post do BlogDoJe.

Referencias :

Lua na Wikipedia

Página do OHMS no Facebook

OHMS – Our Home Maker Space

 

 

Iniciando no mundo AVR

Hoje em dia (2015) , quando se fala de AVR e ATMEGA , muitos hackers e makers lembram logo de Arduino e suas variações. Mas os produtos da linha AVR da Atmel são usados de muitas outras formas,  são extremamente versáteis e possuem diversos encapsulamentos com variações nos periféricos internos. Uma característica muito interessante é que o mesmo código C criado para um dos chips da arquitetura pode ser migrado muito facilmente para os chips maiores da mesma linha com muito poucas mudanças .

Para facilitar o aprendizado  , A Atmel disponibilizou em seu canal do youtube, uma série de videos explicando os diversos aspectos da arquitetura , o uso do datasheet e como utilizar as ferramentas oficiais de desenvolvimento, principalmente a IDE Atmel Studio 6 que é gratuita e baseada em GCC  e no Visual Studio da Microsoft.

Algumas coisas explicadas são específicas para placas de desenvolvimento da Atmel mas podem ser extrapoladas para testar no seu Arduino ou mesmo no seu protoboard.

Divirta-se !

Referencias :

Atmel Studio : http://www.atmel.com/tools/atmelstudio.aspx?tab=overview

Playlist Getting Started with AVR no youtube:  http://bit.ly/GettingStartedwithAVR

Open Hardware Summit 2012

Está rolando em Nova Iorque esta semana o Open Hardware Summit 2012. É um encontro com apresentações de trabalhos  sobre eletrônica, mecanica, bioquimica , micro-fabricas , aplicação de tecnologia a moda e tudo mais que se relaciona a filosofia faça-voce-mesmo aplicada a tecnologia. Os principais pensadores, fabricantes e revendedores do Open Hardware e  estão lá discutindo e exibindo os seus produtos.

Acompanhe :

http://summit.oshwa.org/about-ohs/

http://dangerousprototypes.com/2012/09/28/open-hardware-summit-2012/

Vem ai uma Launchpad ARM da Texas

A Texas Instruments irá lançar , no dia 25 de setembro de 2012 , uma nova versão do kit de desenvolvimento Launchpad só que desta vez no lugar do MSP430 teremos um ARM. Será um controlador ARM da linha Stellaris , provavelmente Cortex M4 e o kit custará US$ 4.99 .

Informações iniciais trazem as seguintes caracteristicas :

CPU 80 MHz
PWM 12
ADC Channels 12
ADC Resolution 12 Bits
RAM 64 KB
FLASH 256 KB
TIMERS 12 32-Bit Timers
UART 8
I2C 4
SPI 4
QEP 2
USB Yes OTG
CAN Yes
RTC Yes

No link http://www.ti.com/ww/en/launchpad_site/stellaris.html?DCMP=stellaris-launchpad&HQS=stellaris-launchpad-b , voce pode reservar a sua Launchpad Stellaris e concorrer a uma das 25 plaquinhas grátis para que quem se inscrever na pre-order.

Boa sorte !!

FLISOL-DF 2012

O evento deste ano aconteceu durante o dia 28 de abril na faculdade Anhanguera de Taguatinga. Muita gente inscrita , diversas apresentaçoes interessantes e a grande novidade deste ano foi uma sala praticamente dedicada ao Open Hardware.

Os integrantes dos grupos de discussão open-hardware-brasilia e arduino-brasilia apresentaram o conceito de open-hardware, arduino , climaduino , novas formas de comunicação e o projeto seminal Monitora Cerrado , pai de todos os projetos de monitoramento climático que estão em execução aqui no centro-oeste.  A sala esteve cheia em todas as apresentações com muita gente interessada e que saiu de lá pronta para comprar ou montar o seu primeiro Arduino.

O evento deste ano foi de especial emoção para este blogueiro que lhes escreve: há uns cinco anos atrás quando comecei a fazer apresentações sobre o assunto , as salas normalmente tinham cinco , seis pessoas dos quais a metade era de amigos. Depois de uns 10 minutos chegavam algumas pessoas perdidas que entravam na sala e iam ficando até o final. Este ano as apresentações  já começavam em média com 100 pessoas sentadas e que tinham uma noção básica do que se tratava. Foi excelente a receptividade.

Parabens Professor Ronald e equipe Flisol-DF !

Parabens Isaias e Webert pelas apresentações , agradecimentos ao Luiz Ferreira e ao Fabio pelo suporte e em especial ao amigo Alessandro Leite , um cara que fala pouco e que escreve muito ( principalmente Java) pela participação nas apresentações de Open Hardware nas edições do FLISOL-DF.

Links:

FLISOL-DF 2012 : http://flisoldf.blog.br/2012/

Posts Relacionados:

BlogdoJe no Flisol 2008

BlogdoJe leva Arduino e Beagleboard ao FLISOL-DF 2010

CrossPack for AVR® Development

Para quem está procurando um ambiente de desenvolvimento em C/C++ para AVR no Mac , o Crosspack for AVR é uma boa opção gratuita.

O Crosspack for AVR vem com todos os programas necessários para compilar e gravar a memoria flash do microcontrolador, na linha do finado WinAVr. Voce pode fazer tudo via linha de comando ou pode usa-lo integrado ao XCode, o ambiente de desenvolvimento oficial do Mac OSX. O pacote tem tido atualizações anuais e a ultima é de fevereiro de 2012. O pacote possibilita a geração de código executável para todos os tipos de AVR 8 bits incluindo os XMega.

Uma funcionalidade interessante é o comando “avr-project”  , usado para gerar um template de projeto , contendo um arquivo main.c , um Makefile inicial e as definições de um projeto Xcode. O Makefile gerado é bem completo ,  contendo o necessário para a geraçao do código hex e bem comentado, com as opções de modificação.

Para quem está no Mac e não está querendo instalar uma maquina virtual windows só para rodar o AVR Studio 5 ou 6 ( MS Visual Studio for AVR) , o Crosspack for AVR é uma opção muito interessante.

Link:

CrossPack for AVR : http://www.obdev.at/products/crosspack/index.html

Artigos sobre programação em C para AVR

Dean Carrera é um cara famoso no mundo dos AVRs, foi estagiário e é hoje engenheiro contratado da  na ATMEL Noruega e durante a sua graduação, criou o projeto LUFA que teve sucesso na criação de um stack USB para controladores AVR dotados de interface USB no proprio chip. Este projeto foi usabo como base em diversos dispositivos e foi recentemente portado para os ARMs da NXP.

O que interessa para este post é que recentemente ele disponibilizou em seu site uma série de artigos sobre programação em C para AVRs focando em caracteristicas do hardware, muito interessantes para quem está querendo conhecer mais sobre o desenvolvimento para esta arquitetura.

Links:

Artigos sobre C no AVR: http://fourwalledcubicle.com/AVRArticles.php

LUFA: http://fourwalledcubicle.com/LUFA.php